Lovecraft e Niilismo
Home Lovecraft e Niilismo

"Carter não experimentou profundamente dessas modernas liberdades; pois sua banalidade e esqualidez repugnavam a um espírito amante apenas da beleza, enquanto sua razão se rebelava contra a frágil lógica com que seus campiões tentavam disfarçar o brutal impulso com uma santidade extraída dos ídolos que haviam descartado. Percebeu que a maioria eles, em comunhão com seus descartados cleros, não conseguia se furtar a decepção que a vida tem um significado diferente daquele que os homens para ele sonham e que não poderia pôr de lado a crua noção de ética e dever além das de beleza, até mesmo quando toda Natureza uivasse sobre sua inconsciência e impessoal amoralidade à luz de suas descobertas científicas. Pervertidos e fanatizados por ilusões preconcebidas de justiça, liberdade e consistência, descartaram a antiga sabedoria e os velhos hábitos junto com as antigas crenças, e jamais pararam para pensar que aquela sabedoria e aqueles hábito eram os únicos formadores de seus pensamentos e juízos presentes e os únicos guias e paradigmas num universo sem sentido, sem metas fixas ou pontos estáveis de referência. Havendo perdido essas referências artificiais, sua vida ficou privada de direção e interesse dramático até que, finalmente, trataram de afogar seu tédio na agitação e pretensa utilidade, no barulho e na excitação, nas excibições bárbaras e sensações animais. Quando essas coisas perderam o ímpeto, desapontaram ou se tornaram insuportavelmente nauseantes, passaram a cultivar a ironia e a amargura, e descobriram o erro na ordem social. Jamais conseguiram perceber que seus sólidos alicerces eram tão mutáveis e contraditórios quanto os deuses de seus antepassados, e que a satisfação de um momento é o tormento do próximo. A beleza calma, duradoura, só pode vir no sonho e este conforto o mundo descartou quando em sua apoteose do real ele jogou fora os segredos da infância e inocência."

- Excerto do conto 'A Chave de Prata', por H.P. Lovecraft

Eu gostaria de argumentar que Lovecraft é um dos maiores gênios da época moderna. Numa pequena passagem da história 'A Chave De Prata' , nós vemos a verdadeira definição do niilismo. Superando a verdade do quão sem significado a realidade é, e então de'ixando para criar beleza na vida. Eu nunca encontrei o conceito de niilismo mais claramente falado ou correto como na forma de pequenos tesouros de sabedoria encontrados nas histórias de horror de Lovecraft.

Os parasitas do mundo destruíram a beleza que ele continha, e agora a maioria daqueles que apreciam a beleza, simplesmente perderam suas vidas para sonhos e fantasias, pois esse mundo não pode satisfazê-los. Niilismo é a filosofia que tenta trazer de volta ao nosso mundo essa beleza; os valores tradicionalistas tem sido descartados com tanto desdém pelos subhumanos parasitas.

É difícil acreditar que, nestes dias e era, nós realmente temos uma chance de retornar para aquela antiga beleza que agora é simplismente um buraco nos corações de todas pessoas razoavelmente inteligentes. O cenário aparente é que a humanidade vai viver o resto de seu tempo em simples repetição de trabalho e entretenimento sem cerébro até o fim de seus dias, e enquanto isso aqueles que possivelmente poderiam ter mudado o mundo simplismente fogem deste lugar imundo para seus esconderijos pessoas. Eu mesmo não estou longe de simplismente desistir e ficar dentro de meu santuário, evitando a pilha de lixo em que os parasitas transformaram a humanidade

Quer a pessoa reconheça as filosofias escondidas por trás de suas fábulas ou não, eu acredito que as pessoas gostam de ouvir a verdade, o que pode ser como ele ganhou tanta popularidade apesar de suas histórias serem feitas para nada mais que revistas populares de ficção científica (não me entendam mal, eu admiro muitíssimo Lovecraft até mesmo pelos elementos de ficção nas suas histórias). Se alguém se sente satisfeito com o mundo atual, então, para ser direto, eles simplesmente estão na mesma classe que os parasitas que fizeram desse mundo o que ele é hoje, embora eles não se tornem realmente os parasitas até que eles ativamente empurrem para frente essa pervertida ordem mundial. Nós não podemos culpar gentios ou idiotas por serem do jeito que são, mas eles tem que reconhecer o que são e que eles não se encaixam para estarem liderando o mundo.

Niilismo para mim, é simplesmente duas coisas; primeiramente, aceitação da falta de valor em moralidade, morte, religião, quase qualquer conceito humano subjetivo. Uma vez que isso tenha sido percebido você olha além desse conceito e de volta para a vida e agora você tem uma visão perfeitamente clara. Essa visão é ao mesmo tempo bela e enojante. É belo para você perceber quão maravilhosa e grande a vida é (eu amo estar vivo, mesmo se estou em um lugar ferrado como este). É enojante para você finalmente ver todas as coisas que nós fizemos errado durante esta era moderna, e os resultados atuais que nós estamos vivendo entre.

Uma peça chave para culpar são as religiões monoteístas. Eles tomaram os significados das religiões pagãs com sucesso, encheram elas com morais literais ridículos que criaram decadência no sistema, e conceitos simples que os gentios (a maioria) podem entender e preferem ao estilo de vida antigo. Existe qualquer outra coisa que acabe melhor com pessoas funcionais? É claro que existem formas mais rápidas que uma civilização pode ser destruída que eu, por um, preferirira, mas essas religiões parecem estar entaladas para sempre nas mentes cada vez piores das pessoas. Graças às religiões monoteístas e todos os outros idiotas no poder que são egoístas e apenas se importam com seu ganho material ou acham que estão fazendo algo bom pra humanidade, mas na verdade são burros demais pra perceberem que eles são a maior fonte do problema.

Então qual exatamente é o ponto desse artigo? Bem, existem vários. Primariamente eu quis mostrar a minha visão de niilismo, o brilhantismo poético de Lovecraft em descrever os problemas que muitos de nós somos incapazes de reconhecer, e reafirmar os problemas comuns que pouquíssimos compreendem para mostrar às pessoas que a mudança pode ser feita. Parece existir um grupo cada vez menor de nós pessoas do tipo Lovecraftiano que são capazes de reconhecer o torpor daqueles que podem consertar esse mundo. Poucas pessoas estão aparecendo provavelmente como a resistência final para esse bug que a humanidade parece não conseguir se livrar. Entretanto, isso não pode durar por muito tempo, então essa deve ser a nossa hora de agir antes que esses poucos caiam na terra dos sonhos esquecendo desse mundo sem esperança.

August 25, 2007

Our gratitude to "Lucius" for this translation.


Slashdot This! Bookmark on Windows Live! Bookmark on Newsvine! Bookmark on Reddit! Bookmark on Magnolia! Bookmark on Facebook!

Copyright © 1988-2010 mock Him productions